Você já parou para pensar como o acabamento é uma parte crucial na decoração de um imóvel? Engana-se quem acredita que os detalhes não fazem diferença, especialmente quando o assunto é reforma.

É nesse ponto que entra o assunto do nosso post de hoje: o acabamento para piso. Com o grande número de opções no mercado, muitas pessoas acabam se confundindo e fazem escolhas erradas. Mas, afinal, existe mesmo um tipo de piso ideal para o meu apartamento? Sim!

Por isso se torna tão importante avaliar alguns elementos e verificar quais as opções mais se adequam as suas necessidades e preferências. Não se esqueça também: o piso possui um longo tempo de vida útil, sendo necessário uma avaliação criteriosa antes de tomar uma decisão.

 

Mas não se preocupe: nós vamos ajudar você. Continue sua leitura e conheça os tipos de acabamento para piso e compreenda qual é o ideal para a sua reforma!

5 tipos de acabamento para piso

Como já dissemos, o piso é um item crucial para o sucesso de uma reforma. Imagine que toda a infraestrutura está de acordo com suas expectativas, porém, você acaba errando no acabamento e o tempo para conclusão da obra se duplica. É frustrante, concorda?

Para que você não passe por situações como essa, conheça os principais tipos de acabamento para piso e faça a melhor escolha.

1. Cimento queimado

Apesar de pouco conhecido, esse tipo de piso é um dos mais utilizados pelos profissionais em construções modernas. É extremamente flexível e fornece ao ambiente um estilo rústico-industrial, especialmente pelo tom de cinza.

Além disso, possui fácil aplicação, reduzindo o tempo de obra — esse piso é indicado para quem deseja um projeto rápido, mas com um toque de sofisticação diferenciado. Porém, ele somente pode ser instalado sobre superfícies lisas e niveladas, sendo necessária uma preparação do solo para receber o cimento queimado.

Pode ser usado em áreas internas ou externas, possuindo uma longa durabilidade — para aumentar ainda mais o tempo de útil desse piso, é recomendado que se aplique uma camada de resina com base acrílica.

Uma dica: não se deixe levar pela emoção da novidade, escolha o piso com cuidado, sempre imaginando como será a combinação com o design interior do imóvel, que deve ser um ambiente mais despojado, mas sem perder a classe.

2. Taco

Por ser um material nobre, a madeira confere aos ambientes reformados um toque rústico e sofisticado. Além disso, é o tipo de piso mais versátil que existe, especialmente pela flexibilidade na combinação com os móveis.

E o piso de taco é um exemplo: apesar de ser um dos mais tradicionais do mercado, ainda é muito utilizado, especialmente pela elevada resistência.

Uma outra vantagem desse piso é a sua uniformidade, permitindo que o local se torne um ambiente tranquilo e charmoso. Além disso, é atemporal e combina com todos os tipos de decoração, desde as mais rústicas até as mais modernas.

Por fim, é hipoalérgico, versátil e de fácil limpeza, porém, é necessário usar materiais específicos para evitar o desgaste da cor e a perda do brilho — por isso, é indicado para ambientes internos, com pouca circulação de pessoas, o que aumenta ainda mais a sua durabilidade.

3. Laminado

O laminado é outro tipo de piso de madeira, semelhante ao taco, porém com valor menor — isso se deve pela sua composição: é feito em HDF, que são micropartículas de madeira. Por essas características, ele se torna uma opção acessível para um apartamento moderno e confortável.

É indicado para ambientes internos, como quartos e sala, já que não pode ter contato constante com sol e água — nessas condições o material acaba se danificando e perdendo a sua utilidade.

Além disso, não é recomendado para pessoas que possuem animais de estimação, pois eles podem vir a circular nesses ambientes e acabam arranhando o piso.

O laminado possui instalação rápida e não necessita de acabamento após a sua aplicação — diferentemente do cimento queimado —, o que reduz ainda mais seu custo.

A instalação é simples, sendo realizada sobre mantas de polietileno, que servem como uma proteção para a umidade e funcionam como isolante térmico e acústico. Também é hipoalérgico, como o taco.

4. Vinílico

Esse é um dos tipos de piso mais requisitados no mercado. Quer saber o motivo? Ele é feito com materiais recicláveis, como o PVC, tornando-o uma opção sustentável, elegante e econômica.

É outro tipo de piso de madeira, possuindo também instalação rápida, além de elevada resistência. Outra característica marcante do vinílico: é agradável sob qualquer temperatura, ou seja, não é extremamente frio no inverno e nem esquenta no verão.

Por ser um piso de madeira, é hipoalérgico, sendo indicado para apartamentos, pois não faz barulho ao andar. Pela aparência semelhante a madeira, é flexível, combinando com diversos tipos de ambientes.

5. Porcelanato

É outro tipo de piso muito conhecido no mercado, sendo encontrado em diversas cores, texturas e tamanhos, o que o torna extremamente flexível e aumenta ainda mais as opções de acabamento, pois ele combina com praticamente todos os tipos de ambientes — do mais rústico ao mais moderno.

Além disso, se adapta facilmente às condições do ambiente: pode ser usado em locais úmidos, como lavanderias e banheiros, ou onde há grande circulação de pessoas, como cozinha e sala.

Pode ser aplicado ainda em ambientes externos, como varandas, pois não se desgasta com a ação do sol e da chuva, além de possuir elevada durabilidade e fácil limpeza.

Porém, é importante ter atenção ao escolher o tamanho do piso de porcelanato, pois os recortes devem ser feitos de maneira que as peças se encaixem perfeitamente no cômodo, reduzindo também a perda de material e, consequentemente, os custos da obra, já que esse modelo é um dos mais caros.

Percebeu como é importante escolher com calma o acabamento para piso? Além de evitar retrabalhos e maior tempo de obra, você poderá combinar o piso com o seu estilo, sem a necessidade de trocar móveis e objetos!

Gostou de conhecer alguns tipos de piso para usar na sua reforma?

Já que você gostou desde post, que tal compartilhá-lo nas redes sociais? Assim, seus amigos também podem aprender o significado das cores na decoração e aproveite para realizar a compra do seu imóvel.

Clique aqui e veja alguns dos nossos imóveis selecionados para você.

Fonte: Construtora Planeta

Pierre Xavier

Corretor de Imóveis | CRECI RS 51288
O Compromisso de um Bom Negócio!
51 99336.2204 WhatsApp

 

Comentários

Comentários